Governo do Estado de São Paulo Sistema Ambiental Paulista

http://parquevillalobos.sp.gov.br

O Parque hoje

Localizado no bairro de Alto dos Pinheiros, na região Oeste da Capital, o parque Villa-Lobos é uma das melhores opções de lazer ao ar livre da cidade. O parque, que abrange uma área de 732 mil m², possui ciclovia, quadras, campos de futebol, “playground” e bosque com espécies de Mata Atlântica. A área de lazer inclui ainda aparelhos para ginástica, pista de cooper, tabelas de “street basketball” e um anfiteatro aberto com 750 lugares, sanitários adaptados para deficientes físicos e lanchonete. Estima-se que durante a semana cerca de 5 mil pessoas passem a cada dia pelo Parque. Aos finais de semana recebe cerca de 20 mil visitantes e aos feriados 30 mil.

Acessibilidade

O Parque Villa-Lobos foi um dos primeiros da cidade a ser adequado à acessibilidade de pessoas com necessidades especiais. A grande área plana e os caminhos praticamente nivelados tornam mais fácil o deslocamento de pessoas. Alguns dos brinquedos de madeira nos parquinhos também foram elaborados para garantir a acessibilidade, como uma caixa de areia e uma casinha na montanha, que permitem acesso por pessoas em cadeiras de rodas. O Villa-Lobos também conta com um telefone público para os deficientes auditivos.


Confira as principais melhorias realizadas:

Novidades no Parque



Vai pela sombra
Com a intenção de permitir que os visitantes do parque Villa-Lobos possam aproveitar mais a sombra e outros benefícios da vegetação, foi criada a trilha “Vai pela Sombra”. A trilha é feita de pedriscos e percorre os principais bosques do parque. Uma boa opção para quem faz caminhada ou corre, pois reduz o impacto nas articulações.



Nova sede da Polícia Militar
A 1ª Cia. do 23º Batalhão da Polícia Militar estava, desde 1999, no parque Villa-Lobos em local provisório, nas instalações do antigo canteiro de obras. A atual gestão da SMA viabilizou uma nova sede permanente para o efetivo de 160 homens da Polícia Militar. O espaço contém sala de atendimento, minianfiteatro, cozinha e vestiário.



Circuito das Árvores
Os visitantes do parque Villa-Lobos têm o privilégio de andar próximo aos pássaros ao conhecer o “Circuito das Árvores”. A passarela elevada, construída com madeira de reflorestamento, chega até 3,5 metros de altura e 120 metros de extensão. Espécies de árvores e aves são identificadas ao longo do caminho, que possui acesso para portadores de mobilidade reduzida.



Nova sede da administração do Parque
A mais nova sede administrativa do Villa-Lobos fica no espaço próximo à lanchonete, perto da entrada que dá acesso às quadras de tênis. Com 770 m², a administração possui depósito, oficina, cozinha, refeitório e vestiário para funcionários do parque.



Orquidário Ruth Cardoso
Os visitantes do parque Villa-Lobos poderão acompanhar de perto as belezas das orquídeas com a inauguração do Orquidário Ruth Cardoso, que leva o nome da antropóloga como uma homenagem à ex-primeira dama.



Nova Sinalização
A identidade visual do Villa-Lobos será renovada e ampliada para informar suas novidades e melhorar e facilitar a localização dos pontos de referência do parque.




Ouvillas
Um espaço agradável, ao ar livre, e com música à vontade. Essa é a idéia por trás do “Ouvillas”, área do parque onde as pessoas poderão sentar e relaxar em taludes, bancos e espreguiçadeiras ao som das obras de Heitor Villa-Lobos, compositor brasileiro que dá nome ao parque.

 

Novo Acesso
Foi inaugurada uma nova entrada para pedestres pela Av. Arruda Botelho. Agora são quatro portarias. A nova entrada facilita o acesso do público e colabora para que a circunvizinhança possa abraçar a atitude sustentável de vir ao parque a pé.


Próximas Realizações

Centro de Referência em Educação Ambiental (CEREA)
A Educação Ambiental pode ser considerada prioridade no Villa-Lobos. Além das atividades já desenvolvidas pelo parque, ele terá também um Centro de Referência em Educação Ambiental – CEREA. Livros, revistas e DVDs sobre meio ambiente estarão disponíveis, além de palestras, oficinas e cursos ministrados por especialistas.

Centro de Referência em Educação Ambiental (CEREA)